top of page
Buscar
  • Foto do escritorChristian Stahler Padilha

Como lidar com a ansiedade pré-live


Situações que demandam uma conversação e maior interatividade com alguém é mais complicado do que parece, ainda mais quando você não está habituado com o entrevistado ou com o ambiente digital. Não é um sinal anormal, mas deve ser evitado para maior naturalidade nas lives. Confira nossas dicas!





Ajustar o seu roteiro




A naturalidade vai aparecendo com o passar dos tempos, não jogue tanta a responsabilidade nela, o fato de parecermos nervoso (a) pode também deixar o convidado desconfortável. Sendo assim, recorra aos meios mais simples de elaboração e de perguntas sem que haja uma confusão.




Cuidado com a rapidez da fala



Um dos sinais da ansiedade é tentar passar para o outro uma função que desejas acabar com maior velocidade, serve tanto para trabalhos com mais pessoas envolvidas na troca de ideias ou na entrevista comum.


É algo trabalhado desde o tempo da escola, em que os professores quando percebiam a ansiedade, pediam para falar mais lento. A diferença é que não tem um determinado tempo para ser regulamentado tão fixado e separado entre vários integrantes em um mesmo ambiente. Na maioria das vezes é só você e mais uma pessoa.




Converse com o convidado antes



Dependendo do cronograma, programe um horário em que haja um planejamento para entender melhor os tópicos que serão abordados, além da divulgação.


Do mesmo jeito que você precisa se sentir confortável, também pode deixar o próximo mais confiante com o projeto. Preferencialmente, para se sentir menos nervoso, é melhor que tenha uma conversa por mensagens, dias ou horas antes da live.





Crie um padrão na rotina


Faça uma atividade física. Seja em casa ou na academia. Uma caminhada também é bem-vinda. O ideal é que a gente nutra nossas vitaminas que influenciam diretamente na nossa confiança. A vitamina D possui uma relação direta com a ansiedade.


Foque em outras coisas que não sejam somente o seu trabalho. Faça uma divisão da rotina. Acostumar-se pode ser complicado, porém, o foco é visar a saúde emocional que trará maior qualidade de vida e rendimento no trabalho. É ficar com um intervalo de tempo livre para focar em outras atividades.


Perto do fim do dia, durma mais cedo e tenha um horário fixo para acordar para que o seu cérebro se acostuma com aquele horário. É muito comum que as lives sejam de noite, podendo alavancar os níveis de ansiedade.


4 visualizações0 comentário

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page